Mês: setembro 2016

 

Conselhos para um casamento duradouro

“Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.” (Provérbios 13:10)

Sabemos que a família é a base da sociedade, e um bom relacionamento conjugal faz com que tudo possa andar bem. Nesse estudo veremos alguns conselhos para ter um casamento duradouro. Nos próximos estudos vamos aprofundar cada assunto de maneira, mas detalhadas.

Respeito:

O tom de voz errado tem sido o grande vilão para os atritos da vida conjugal. “E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.” (Colossenses 3:14)

Aprender a ouvir o cônjuge é uma tarefa que demonstra muito respeito. “Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” (Tiago 1:19,20)

Respeitar os espaços um do outro, não existe segredos entre o casal, mas a “liberdade” de ir e vim devem sempre ser respeitada. Com o respeito o casal podem viver um casamento duradouro.

Compreensão:

Casal procure ser sempre bondoso para com as virtudes do seu cônjuge e um pouco cego para as faltas do mesmo.

“Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelos desejos da carne e engano; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” (Ef. 4:22,24)

Antes de qualquer acusação devemos procurar saber o que de fato aconteceu, pois muitos casais brigam sem mesmo o outro ter tido a oportunidade de se explicar, a compreensão vem para auxiliar o casal em meio a uma discussão. SEJA COMPREENSIVO!!! “Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” (Tiago 1:19,20)

Dialogo:

Um bom diálogo nos livra de uma grande luta no casamento. Os casais não têm o habito de diálogos curtos ou longos, expressar o que você está sentindo ou até mesmo conversar sobre o seu dia, faz parte de um relacionamento. Costumasse sempre só falar na hora de pedir.

É importante para o casal sempre escolher o melhor momento e hora para dialogar, definir as áreas de concordância e de discordância, e fazer uma alta análise de si mesmos.

“O homem se alegra em responder bem, e quão boa é a palavra dita a seu tempo!” (Provérbios 15:23)

Procure ser um bom ouvinte, mas não use do silêncio para representar ao cônjuge uma resposta negativa ou frustá-lo ao hesitar responder.

Amor:

O objetivo do amor não é obter o que se deseja, mas fazer algo pelo bem-estar daquele a quem se ama. Casamos não para ser feliz, mas fazer o outro feliz. “Portanto, cada um de nós, agrade ao seu próximo no que é bom para edificação.” (Romanos 15:1)

Decida amar seu cônjuge na linguagem que ele consegue compreender: seja palavras de afirmação, qualidade de tempo, formas de servir, toque físico, ou mesmo presentes.

“O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.” (I Coríntios 13:4)

CONCLUSÃO

Para Adão, Deus não criou os amigos, mas uma esposa. A instituição sagrada chamada “Família” nasceu do coração de Deus, e Ele não comete erros. Você é casado e Deus que de você um relacionamento sadio, curado e desatado. Ame seu eterno namorado.alianc3a7as-e-a-biblia-2

© 2017: Novo Lar Grupo de Casais | KABBO Theme by: D5 Creation | Powered by: WordPress